Agonia

Estou agoniado, ouvindo Distant Sin, depois do show da 2fuzz, de lançamento.
É estranho, sem dúvida este foi o melhor show que assisti, não que tenha assistido a muitos, e eu falo em termo de qualidade mesmo, depois deste fica o show do Rotting Christ que eu fui há um bom tempo.

Lógico que teve shows memoráveis em termos de empolgação, de bater cabeça etc, mas juntando todos os fatores, esse foi o melhor.
To com o cdzinho aqui, assim que eu tiver aliviado dos karmas vou postar um review aqui, e tb tenho que dar um tempo senão vou falar soh de distant sin e seated… minhas preferidas atualmente.

Mas minha agonia é sobre outras coisas….. vendo os caras tocando lá me fez ver que é possível fazer algo de qualidade e verdadeiro, não teve como não me lembrar do show da XCAPE no dragão do mar, talvez tenha sido o ápice da minha “carreira musical” até agora.

Estou lutando aqui para não acreditar que meu sentimento é de inveja, pois o que mais quero, e isto sinto desde meus 14-15 anos, é tocar e expressar-me para o mundo. Mas eu estou preso, por enquanto, pelo destino… nesse mundo da prostituição computacional.

Eu ainda me sinto motivado em relação a computadores, atualmente tenho enfrentado desafios na área, e eu sou motivado a desafios.
Acho que só aguento pq pessoas ainda dependem de mim e eu ainda preciso provar algo para mim mesmo.

Já escrevi bastante, vou terminar meu desafio do momento, e quem sabe tocar um pouco, olhando para a noite (a vista do meu ap é incrível a noite).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *