Na luta contra o câncer

Esta doença é muito cruel. Vai te comendo por dentro, um inimigo invisível e traiçoeiro.

Estava no instituto do câncer, onde meu sogro está internado desde 6a. feira passada e o sofrimento é grande. Ele já está sendo medicado com morfina e não há o que fazer, é esperar a hora da partida e tentar estar pronto para aceitar isto.

Minha esposa está sofrendo muito, fiquei lá durante umas horas e me sentia muito triste vendo meu sogro na cama, com oxigênio, e respirando de forma muito sofrível. Ele respira pois fomos programados para respirar, independe de nossa vontade, por isto ele respira.

Sinceramente eu acredito que ele está apenas fisicamente entre nós. A família está tentando dar o apoio necessário, mas a situação é caótica. Como se espera pela morte? É difícil admitir, mas é isto que está acontecendo, pessoas esperando pela morte e ela não marca hora o que aumenta a agonia e a apreensão. Cada suspiro é um alívio e o início da espera pelo próximo.

Deus sabe o que faz, que ele cuide do meu sogro da forma que seja mais apropriado. Eu, estou tentando dar um apoio e entender melhor este mundo.

tristeza…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *